Evento

DOIS SÉCULOS DE CONSTITUCIONALISMO ELEITORAL EM PORTUGAL

Data: 24.09.2020
Local: AUDITÓRIO 1

DOIS SÉCULOS DE CONSTITUCIONALISMO ELEITORAL EM PORTUGAL
24 Setembro
Auditório 1

  

APRESENTAÇÃO

O objetivo principal desta iniciativa é assinalar o bicentenário do constitucionalismo em Portugal (1820-2020), em comemoração da revolução liberal e das primeiras eleições constituintes em Portugal, promovendo um encontro científico internacional na área da História Constitucional, em geral, e do parlamentarismo e da democracia eleitoral, em particular. Tendo como referência as revoluções constitucionais na América do Norte (1776), na França (1789) e na Europa e, por último, na América Latina (séc. XIX). As propostas a apresentar devem incidir sobre eleições parlamentares anteriores ou posteriores a essas datas, incluindo as assembleias constituintes, com um particular destaque para o momento constitucional crucial em que se deu a viragem do sistema eleitoral tradicional para o sistema eleitoral moderno. Em suma, o fio condutor será o das eleições parlamentares ao longo dos séculos (desde a Idade Média até aos dias de hoje), que são consideradas o principal instrumento da democracia representativa e de manifestação do ideal da soberania popular. Este evento pretende ser um contributo para a história constitucional e política do parlamento, tendo como ponto de apoio as eleições realizadas para a sua composição.

O exemplo de Portugal (a adaptar a outros países): ainda em 1820 aparecem as primeiras leis eleitorais, realizam-se as eleições para as Cortes constituintes de 1821/22 e altera-se o sistema eleitoral parlamentar, contribuindo para a instituição das modernas assembleias parlamentares, diferentes das assembleias representativas medievais, por serem instituições permanentes baseadas no sufrágio individual, independentemente da origem ou categoria social.

 

PROGRAMA

 

ORGANIZAÇÂO


Logo Lusiada
Logo CEJEA
Logo FD 

Apoios: