Erasmus / Erasmus / / ERASMUS+ ESTUDANTES . APRESENTAÇÃO

ERASMUS

INFORMAÇÕES E PROCEDIMENTOS PARA OS ESTUDANTES QUE JÁ CONFIRMARAM A COLOCAÇÃO ERASMUS+ E PAGARAM A RESPECTIVA CAUÇÃO
2018 / 2019

O Gabinete Erasmus da Universidade Lusíada de Lisboa, que centraliza as candidaturas e centraliza também as colocações, irá nomear, junto das universidades de acolhimento, os estudantes que confirmaram a colocação e pagaram a respectiva caução.
Será enviado um email, com conhecimento aos Estudantes colocados, para as respectivas universidades de acolhimento (com o nome completo, nº estudante, curso e email dos estudantes lá colocados).

Depois de realizada esta nomeação, pode dar-se um de dois processos:

  • Ou a universidade de acolhimento envia directamente aos estudantes, via email, informação pertinente para a respectiva pré-inscrição e restante processo de mobilidade;
  • Ou a universidade de acolhimento tem toda a informação disponível no seu site (na área de Erasmus Incoming ou International Students, etc) e serão os próprios estudantes colocados a consultá-lo e seguir todos os procedimentos por eles indicados.

 

CHAMAMOS A ATENÇÃO PARA OS PRAZOS (DEADLINES) DAS UNIVERSIDADES DE ACOLHIMENTO PARA AS PRÉ-INSCRIÇÕES NOS RESPECTIVOS SITES!

 

Assim e em todo o caso:

Os estudantes contemplados com uma vaga de mobilidade Erasmus+ deverão começar a consultar as páginas de Internet das universidades de acolhimento onde foram colocados e procurar informação relativa a estudantes Erasmus, nomeadamente formulários de pré-inscrição (Aplication Form), formulários para inscrição em cursos intensivos da língua nacional desse país, formulários para residências universitárias, etc.

Deverão também começar a consultar os programas curriculares dos respetivos cursos nas universidades de acolhimento, para poderem fazer uma proposta de equivalências às respectivas Direções de Faculdade na Universidade Lusíada.

Ou seja, tendo em conta as unidades curriculares a frequentar na Universidade Lusíada no ano letivo 2018/2019, os estudantes terão que procurar unidades curriculares equivalentes nas universidades de acolhimento para, posteriormente, poderem apresentar a referida proposta às respectivas Direções de Faculdade (através do preenchimento do Quadro de Equivalências).

Esta proposta deverá ser devidamente fundamentada (ou seja, deverão anexar toda a documentação relativa a Conteúdos Programáticos, Créditos ECTS e Cargas letivas das unidades curriculares que se propõem realizar na universidade de acolhimento como equivalentes às que teriam que realizar na Universidade Lusíada), pois é daqui que vai surgir o Contrato de Estudo/Learning Agreement.

Neste momento, ou seja, depois de o Gabinete Erasmus da Universidade Lusíada de Lisboa vos nomear junto das universidades de acolhimento que confirmaram, é fundamental que preencham o Formulário de Pré-Inscrição das respectivas Universidades de Acolhimento em que foram colocados (junto envio dados da universidade para ajudar a preencher o Formulário de Pré-Inscrição – Instruções para Preencher o Application Form).

Em muitas universidades as pré-inscrições fazem-se através de formulários próprios (Aplication Form) disponibilizados on-line pelas universidades de acolhimento, pelo que os estudantes colocados terão que os preencher, e, muitas das vezes, imprimir e enviar pelo correio (o envio pelo correio internacional será realizado através do Gabinete Erasmus e do correio da universidade).

Os estudantes colocados deverão estar atentos aos respectivos e-mails (nomeadamente o email que foi usado / colocado no formulário de candidatura Erasmus), pois, normalmente, é directamente para lá que as universidades de acolhimento enviam todas as informações pertinente para o processo de mobilidade Erasmus.

 


ERASMUS+: CANDIDATURAS ESTUDANTES OUT 2018/19

As candidaturas para Estudantes OUT, do programa Erasmus+, ano lectivo de 2018/2019, estão abertas de 16 a 23 de Fevereiro de 2018.

A mobilidade Erasmus+ permite a realização de um período de estudos ou de estágios no estrangeiro, onde o estudante adquire conhecimentos e experiências úteis e complementares à sua formação académica.

  • Podem candidatar-se a uma vaga/bolsa Erasmus+ os Estudantes das Universidades Lusíada que frequentem qualquer um dos ciclos e cursos aí ministrados. A mobilidade só pode ser executada com universidades parceiras.

Os estudantes que concorram a uma vaga/bolsa Erasmus+ são seleccionados tendo em conta as seguintes prioridades:

  • Frequentar o ano curricular mais avançado do ciclo de estudos em referência, sendo que não o poderão fazer no 1.º ano. Na licenciatura em Arquitectura (mestrado integrado) o ano de referência é o 5.º;
  • Ter um menor número de unidades curriculares em atraso;
  • Possuir a média mais elevada das classificações obtidas no ano lectivo imediatamente anterior.

No caso de algum dos candidatos ter unidades curriculares em atraso, a candidatura fica sujeita a parecer favorável do Coordenador Institucional e do respectivo Coordenador Departamental.

Para confirmar a vaga/bolsa que eventualmente possa ter sido atribuída a um candidato, o mesmo deverá pagar uma caução no valor de 50 €. No caso de cumprir a mobilidade, o valor é restituído.

Para mais esclarecimentos, os interessados podem dirigir-se ao Gabinete de Mobilidade e Relações Internacionais, tendo em conta os seguintes contactos e horário:

erasmus@por.ulusiada.pt
Horário de Atendimento:
Universidade Lusíada – Norte (Porto) Segundas, Quartas e Sextas 10H00 às 12H00 Local: Edifício A
Universidade Lusíada – Norte (Famalicão) Terças (com marcação prévia) 14H00 às 16H00 Local: Sala Prof. Doutor Armandino Rocha (Biblioteca)


 

Sessões de Esclarecimento sobre Candidatura à mobilidade Estudantes Erasmus+ 2018/2019

  • Sessão na sede do Porto: 02 Fevereiro 2018, das 10h00 às 12h00, sala X2

  • Sessão no campus de Famalicão: 06 Fevereiro 2018, das 14h30 às 16h00, sala A3

 



O Erasmus+ é o novo programa da UE para a educação, formação, juventude e desporto.

O Erasmus+ teve início no dia 1 de Janeiro de 2014. O Programa veio substituir os anteriores programas de financiamento da Comissão Europeia para as áreas da educação, formação, juventude e desporto, nomeadamente: o Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida (LLP-Erasmus), o Programa Juventude em Ação e outros programas internacionais, incluindo o Jean Monnet e o Erasmus Mundus. O programa Erasmus+ é destinado a apoiar as atividades de educação, formação, juventude e desporto em todos os setores da aprendizagem ao longo da vida, incluindo o Ensino Superior, Formação Profissional, Educação de Adultos, Ensino Escolar e Atividades para jovens.

Tendo em conta que Portugal, enquanto membro da União Europeia, não pode ficar alheio às políticas definidas pelos órgãos comunitários com vista à criação de um espaço de livre circulação de pessoas, bens e serviços e para que a internacionalização dos estudos, no âmbito do Programa Erasmus, se efectuasse com êxito, foi necessária a criação de determinadas condições que possibilitassem o cumprimento dos pressupostos definidos. Nesta perspectiva, e em 1995, a Universidade Lusíada deu início aos preparativos de adesão e implementação do programa Erasmus e em 1999 ao sistema ECTS.
No que diz respeito ao antigo Programa LLP-Erasmus, foram já ultrapassadas as fases I e II, assim denominadas pela Comissão Europeia, e hoje a Universidade Lusíada detentora de uma Carta Universitária Erasmus alargada está plenamente inserida no espaço europeu de mobilidade, usufruindo de autonomia descentralizada e utilizando todas as “ferramentas” postas à disposição das instituições de ensino superior pela Direcção Geral de Educação e Cultura, da Comissão Europeia. Com intensos fluxos anuais de incoming e outcoming, relativamente aos alunos, que têm aumentado ano após ano, a Universidade Lusíada, para reforçar as suas parcerias com outras instituições, tem diversificado o número de contratos institucionais por toda a Europa, alargando uma rede que vai da Europa do Sul à Escandinávia, e da Europa Central à Europa do Leste, e que no ano de 2010/11 se cifrava em mais de 100 contratos estabelecidos.

No que concerne à mobilidade de docentes tem a Universidade procurado sensibilizar os seus professores para esta realidade da mobilidade e formação dado que estes instrumentos comunitários lhes permitem encontrar e contactar outras realidades educativas e enriquecer os seus próprios currículos. Assim, os contratos que têm sido assinados para a área de alunos passaram a ser estendidos aos docentes e também a técnicos, mediante o interesse demonstrado pelos coordenadores departamentais e institucionais. Neste momento, a Universidade Lusíada pode orgulhar-se da rede de parcerias e contratos já estabelecidas em toda a Europa Comunitária, países associados, Confederação Helvética e futuros membros da União, para a qual têm também colaborado de forma determinante as Direcções de todas as Faculdades.

O Gabinete Erasmus é a estrutura, na Universidade Lusíada, destacada para promover os princípios da mobilidade Erasmus, divulgar os seus objectivos concretos, tratar toda a informação relativa às suas linhas orientadoras, emanadas desde Bruxelas, e levar à prática todos os procedimentos relativos à execução da estratégia europeia delineada pela Universidade Lusíada. O Gabinete é, portanto, responsável não só pela selecção e colocação nas instituições europeias de ensino superior de alunos, professores e staff portugueses mas também pela recepção, acolhimento e integração na Universidade Lusíada dos alunos e professores estrangeiros que aqui procuram desenvolver os seus planos de estudo, de leccionação e de estratégia empresarial. Em estreita ligação com a Agência Nacional PROALV o Gabinete executa as linhas orientadoras do Programa Erasmus beneficiando, contudo, desde 2003 do estatuto de Instituição Descentralizada, no que diz respeito à gestão de verbas europeias envolvidas e na aplicação das práticas que estão regulamentadas pela Comissão Europeia.
O Gabinete tem a sua sede em Lisboa, tendo como responsável o Dr. João de Castro Fernandes, auxiliado nessas funções pela Técnica Célia Oliveira, no campus de Lisboa. A Dr.ª Susana Ferreira coordena o campus do Porto e o campus de Famalicão, sendo auxiliada neste último pela Técnica Dina Freitas.

O Gabinete Erasmus está permanentemente disponível para atender alunos e professores, em especial os alunos estrangeiros que, em mobilidade, se integram numa nova realidade académica, cumprem um plano de estudos supervisionado por um coordenador português e se adaptam a regras e procedimentos diferentes. É particularmente nestas situações que o Gabinete está atento, quer às dúvidas e às solicitações de qualquer tipo dos nossos estudantes incoming, quer ao estabelecimento das ligações necessárias ao cumprimento das novas realidades académicas e sociais. Igualmente, o Gabinete organiza várias acções, durante o ano lectivo, com a finalidade de promover o intercâmbio cultural entre os alunos estrangeiros e os alunos da Universidade Lusíada. Estas actividades decorrem com o apoio dos nossos antigos alunos Erasmus, a quem é frequentemente pedida colaboração.


CONTACTOS


Última actualização: 2018-03-28 15:08